40 anos do ‘bloody sunday’, o domingo sangrento irlandês

40 anos do ‘bloody sunday’, o domingo sangrento irlandês

Lizbeth Batista

30 Janeiro 2012 | 17h11

Jornal da Tarde – 01/02/1972

Em 1972, num dia frio de domingo, soldados ingleses ao tentarem dissipar um protesto pacífico a favor dos direitos civis e contra o governo, em Derry, na Irlanda do Norte, abriram fogo contra a passeata.

Vinte e seis civis desarmados foram atingidos, alguns foram alvejados pelas costas. O trágico dia, que ficou conhecido como Domingo Sangrento, deixou um saldo de e 26 feridos e 13 mortos, destes, seis eram menores de idade.

Jornal da Tarde – 31/01/1972

O Estado de S.Paulo – 02/02/1972 

O Estado de S.Paulo – 03/02/1972

Uma das canções de maior sucesso da banda irlandesa U2, Sunday Bloody Sunday, foi feita em memória daquele domingo.

Pesquisa e Texto: Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: twitter@estadaoarquivo e facebook/arquivoestadao