Washington Luís promovia o desenvolvimento da Medicina Legal

Washington Luís promovia o desenvolvimento da Medicina Legal

Lizbeth Batista

05 Março 2011 | 11h45

A coluna Notas Diversas, da  edição de 05 de março de  1911  do Estado, trazia  informações sobre os planos de aprimoramento reservados ao  Gabinete Médico Legal.

No comando da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública desde 1906, Washington Luís  era  o responsável pelo projeto, que representava  mais um passo para a Medicina Legal no país.

Domingo, 05 de março de 1911


O desenvolvimento científico e higienista experimentado pela Europa, por todo o século XX,   não apenas  inspirou as bases da nossa Saúde Pública, mas influenciou de  maneira indelével  o processo  de estruturação do Estado Brasileiro.

Dentro deste processo a Medicina Legal é braço notório, que une a Ciência às questões do Direito, buscando servir ao Estado no que tange ao esclarecimento de fatos de interesses da Justiça.

Raymundo Nina Rodrigues–  um dos pais da Medicina Forense no Brasil- defendia  a Ciência legista explicando que ela  procura a verdade do fato ocorrido “a fim de  tornar  a justiça mais bem servida e imune aos erros de avaliação e interpretação comuns à atividade pericial de seu tempo”.

Pesquisa e Texto: Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao