As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Buracos em avenidas elevam o risco de acidentes na zona leste

Em nota, Prefeitura Regional São Miguel informa que verificou ocorrências citadas por moradores da região

Renata Okumura

04 Setembro 2017 | 17h07

SÃO PAULO – Não apenas os danos aos carros, mas o risco de acidentes também aumenta com o crescente número de buracos em ruas e avenidas da cidade. Na Avenida Pires do Rio, a situação é observada nas proximidades da Rua João Vieira, no Jardim São Sebastião.

Buraco em avenida Foto: Renata Okumura


“Motoristas precisam andar na contramão para desviar de buracos, mas é perigoso em razão dos carros e ônibus que descem a ladeira”, alertou a aposentada Maria dos Santos.

Além do risco de acidentes, motoristas também relatam prejuízos financeiros com o conserto dos carros. Na Avenida Águia de Haia, entre a Avenida Campanella e a Avenida Agapantos, nas proximidades do metrô Artur Alvim, também na zona leste, as “crateras” incomodam quem transita pela região. “O buraco é tão fundo que pode danificar a suspensão do carro e também deixar a roda do carro presa”, disse o motorista Antônio José.

Buraco ocupa praticamente metade da rua Foto: Renata Okumura

A Prefeitura Regional São Miguel esclarece que o serviço de tapa-buraco na Rua João Vieira foi realizado em agosto.

Sobre a Avenida Águia de Haia, a Prefeitura Regional Penha informa que a via foi analisada e o trabalho será executado.

“Esclarecemos que, em primeiro lugar, os munícipes devem entrar em contato com os canais de atendimento do 156, site da prefeitura ou Praça de atendimento, para que as equipes possam fazer o levantamento das demandas e buscar o histórico dos pedidos, só assim poderemos fazer uma melhor programação e execução dos trabalhos”, reforçou a nota.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Mais conteúdo sobre:

Buracozona lesteAcidente