Chuva provoca deslizamento de terra e preocupa moradores de SP
As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chuva provoca deslizamento de terra e preocupa moradores de SP

Um muro de arrimo desabou, pela segunda vez, na região da Bela Vista; ao menos 21 árvores também caíram nos últimos dois dias

Renata Okumura

06 Junho 2017 | 17h58

SÃO PAULO – A chuva forte registrada entre segunda-feira, 5, e terça-feira, 6, provocou estragos na capital paulista e gerou receio em grande parte da população. As estruturas precárias e o solo encharcado são propícios para a ocorrência de deslizamentos.

Muro desaba, pela segunda vez, e provoca receio em moradores (Foto: Renata Okumura)


Um dos casos foi registrado na Rua Almirante Marques de Leão, nas proximidades da Rua Veloso Guerra, na Bela Vista, no centro da cidade. Um muro de arrimo desabou, pela segunda vez, em menos de duas semanas. Como ninguém passava pelo local na hora da queda, ninguém ficou ferido.

Apenas alguns cones da CET interditam o local (Foto: Renata Okumura)

A reportagem da ‘Blitz Estadão’ foi ao local e constatou que ainda há muitos tijolos e pedras em cima da calçada, que praticamente desapareceu com a quantidade de terra. Mas dá para observar que a estrutura do muro está precária e há possibilidade de novos deslizamentos.

No topo do morro de terra, é possível avistar pelo menos quatro residências ainda com risco de desabar. Em uma delas, a varanda já caiu. “Tinha uma varanda, mas ela desabou há duas semanas. E com a chuva agora caiu mais uma parte do muro. Dá receio só de olhar a estrutura. Dá medo”, relatou Márcia Nishimura que mora na região.

Pedras imensas caíram do morro de terra (Foto: Renata Okumura)

Para a cabeleireira Camila de Lima, o deslizamento é perigoso e também atrapalha a movimentação de carros e pedestres. “Sempre que chove cai mais um pouco do muro. Será que vamos ver cair tudo? A Prefeitura poderia, pelo menos, vir retirar o entulho”, reforçou.

Moradora antiga da região, Amélia Parra se mostrou indignada com a ocorrência. “É terrível. A população não pode sofrer desta maneira. Meu filho diz que não é para eu andar por esta rua, mas é meu trajeto”, salientou.

No local, parte da via permanece interditada. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) colocou cones e cavaletes para sinalizar a interdição e evitar a circulação de pedestres e carros pela região.

A Prefeitura Regional Sé informa que na data do primeiro desmoronamento, em 21 de maio, os proprietários receberam o auto de interdição e os moradores foram informados sobre a necessidade de deixar imediatamente os imóveis. “Por tratar-se de imóvel particular, os donos receberam notificação para sanar o risco. Informarmos, ainda, que em 2016 os proprietários dos imóveis receberam quatro multas que somam R$ 4.616,00, por falta de limpeza, manutenção e drenagem do terreno”, reforçou a nota.

Queda de árvore. Em Pirituba, na zona norte da cidade, uma árvore gigante caiu em cima de uma residência e deixou duas pessoas levemente feridas. A casa fica situada na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, número 2.725.

O Corpo de Bombeiros informou que um jovem de 17 anos sofreu escoriações em uma perna. A segunda vítima foi socorrida por moradores.

A Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais esclarece que caíram vinte e uma árvores entre os dias 5 e 6 de maio. “A árvore que caiu na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, número 2.725, é de responsabilidade do proprietário do terreno, que deve zelar pelos cuidados da espécie. No entanto, agentes da Defesa Civil, engenheiros e geólogos foram ao local para realizar a vistoria. Após o procedimento a árvore deverá ser retirada”, finalizou.

Chuva. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) informou que em 24 horas choveu 51,9 milímetros, volume esperado para o mês inteiro de junho.

Segundo a Climatempo, a semana termina com uma forte frente fria que vai trazer mais chuva e principalmente frio para o Estado de São Paulo. “Os paulistas vão poder contar com mais sol e até calor para a quarta-feira, 7, e para quinta-feira, 8, mas devem se preparar para uma grande virada na sexta-feira, 9.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Mais conteúdo sobre:

ChuvaDanosBela Vista
0 Comentários