As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cinco pessoas são presas em SP por fraude no Bilhete Único

Com os suspeitos, onze cartões foram apreendidos; valor total carregado era de quase R$ 2,7 mil

Renata Okumura

17 Janeiro 2018 | 13h59

SÃO PAULO – Cinco pessoas foram presas e um menor apreendido por fraude no Bilhete Único, perto da estação de metrô Tatuapé, na zona leste da cidade.

Segundo a Polícia Civil, a ação ocorreu na tarde de terça-feira, 16, em uma operação deflagrada a partir de investigações realizadas por policiais do 14º DP (Pinheiros).

“Com os suspeitos, onze cartões foram apreendidos, com valor total carregado de R$ 2.658,00”, reforçou a nota da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Casos como estes chamam a atenção de passageiros, principalmente em estações do Metrô e trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Apreensão de dinheiro e Bilhetes Únicos clandestinos Foto: Plantão Policial Itapevi

No dia 22 de junho do ano passado, ao menos dez pessoas foram presas pela venda ilegal de Bilhete Único nas estações Barueri, Jardim Silveira e Engenheiro Cardoso da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

60 Bilhetes Únicos foram apreendidos no valor aproximado de R$ 1,5 mil. Um dos indivíduos presos constava na lista de procurados pela Justiça.

Um passageiro, que preferiu não ser identificado, disse que isso ocorre diariamente. “Algumas vezes, alguns seguranças da CPTM ficam na entrada para coibir a presença dos vendedores ambulantes. Mas, na maioria das vezes, eles ficam em frente à estação oferecendo a venda do bilhete clandestinamente”, denunciou.

No dia 7 de junho, duas pessoas foram presas na estação Barueri da CPTM pela venda clandestina de passagens. Os golpistas foram flagrados por agentes da São Paulo Transporte (SPTrans) que atuam no combate a fraude.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.