Moradores criticam apropriação indevida de ruas no Itaim Bibi
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Moradores criticam apropriação indevida de ruas no Itaim Bibi

Prefeitura de SP promete fiscalizar área citada pela reportagem da Blitz Estadão

Renata Okumura

04 Dezembro 2017 | 16h15

SÃO PAULO – Moradores reclamam que a Travessa Tolstói de Carvalho e Mello, no Itaim Bibi, na zona oeste, foi fechada sem autorização da prefeitura por empreendimentos comerciais.

“A travessa, que cruza a Avenida Brigadeiro Faria Lima, encontra-se bloqueada. Queria saber como funciona o termo que autoriza o fechamento de uma via pública. Cito também a Rua Lício Nogueira”, questionou morador que preferiu não se identificar.


Itaim Bibi (Foto: Renata Okumura)

Moradores acrescentam que a prática de fechar vias irregularmente na região do Itaim Bibi está se tornando bastante comum. “A apropriação indevida de ruas públicas em um dos bairros mais caros de São Paulo tem se tornado bastante comum, mas é uma prática totalmente prejudicial para os bairros”, lamentou outro morador.

Travessa Tolstói de Carvalho e Mello Foto: Morador do Itaim Bibi

A Prefeitura Regional Pinheiros informa que a Travessa Tolstói de Carvalho está prevista para ser fiscalizada ainda essa semana e, constatadas as irregularidades, as devidas providências serão tomadas seguindo as normativas vigentes.

+++ Leia também: Moradores reclamam de falta de varrição e coleta de lixo no Itaim Bibi

Moradores do Itaim Bibi estão insatisfeitos com o serviço de limpeza do bairro localizado na zona oeste da cidade. Segundo relatos, as lixeiras estão sempre cheias e algumas até quebradas e jogadas pelas calçadas.

Falta de limpeza em lixeira que também está quebrada Foto: Renata Okumura

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.