Pedestres cobram reforma em passarela da Ponte do Jaguaré
As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pedestres cobram reforma em passarela da Ponte do Jaguaré

Blocos de concreto soltos e grade quebrada estão entre as queixas dos moradores

Renata Okumura

02 Junho 2017 | 18h39

SÃO PAULO – Quem atravessa todos os dias a Ponte do Jaguaré, na zona oeste da cidade, reclama da má conservação da passarela de pedestres. A reportagem da ‘Blitz Estadão’ constatou no local que há grade quebrada, calçada danificada e mato alto. A grade quebrada, inclusive, já avança por onde caminham os pedestres e traz riscos à população.

Grade quebrada na passarela da Ponte do Jaguaré (Foto: Renata Okumura)


O morador Guilherme Biasi acrescenta que a situação é mais grave no sentido do bairro. “A Ponte do Jaguaré, que cruza a Marginal do Pinheiros, precisa de reforma urgente na passagem de pedestre. Sou morador da região e a atravesso todos os dias para ir para a estação de trem. No caminho, eu encontro vários blocos de concreto soltos ou quebrados. A ponte está realmente pior a cada dia”, reclamou.

Quem atravessa pela passarela reclama de calçadas quebradas (Foto: Renata Okumura)

A estudante Patrícia Pinto também utiliza a passarela e se queixa das condições precárias. “Faz quatro anos que atravesso aqui e sempre foi assim. Grades quebradas e calçadas quebradas. É muito perigoso e é difícil caminhar por aqui”, acrescentou.

Calçadas danificadas na passarela da ponte do Jaguaré (Foto: Renata Okumura)

Além da passarela que precisa de reforma, a reportagem também constatou que há um ponto de descarte de lixo irregular embaixo da Ponte do Jaguaré, no sentido da Rodovia Castelo Branco.

Descarte irregular de lixo embaixo da Ponte do Jaguaré (Foto: Renata Okumura)

A Prefeitura Regional Lapa informa que encaminhará um técnico para avaliar a Ponte do Jaguaré com base nas reclamações recebidas. “Caso sejam constatadas anomalias estruturais a Secretaria Municipal de Serviços e Obras será acionada. Vale ressaltar que, desde o início da gestão, não constam registros de reclamações sobre a Ponte do Jaguaré”, reforçou a nota.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Mais conteúdo sobre:

PassarelaDanificadaJaguaré
0 Comentários