Ruas escuras provocam receio em moradores da zona leste de SP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ruas escuras provocam receio em moradores da zona leste de SP

População cobra melhor iluminação para evitar onde de assaltos

Renata Okumura

08 Fevereiro 2018 | 16h39

SÃO PAULO – Moradores das ruas Cembira, Cravari e Ingazeira, no Parque Residencial D’Abril, na zona leste da cidade, reclamam da má iluminação das vias. Segundo relatos, o medo de assaltos cresceu com as ruas escuras.

Na Rua Cembira, a falta de iluminação acontece, principalmente entre as ruas Ingazeira e Cravari.

Moradores cobram melhor iluminação na Rua Cravari Foto: Renata Okumura

A estudante Simone Ferreira costuma sair cedo de casa quando tem consulta médica e cobra melhorias. “As lâmpadas não iluminam nada e dá receio sair de madrugada para ir até o ponto de ônibus. Na esquina da Rua Cravari com a Rua Ingazeira, a escuridão é ainda maior”, desabafou.


Recentemente, houve a troca de um poste na Rua Cravari, mas a iluminação permanece muito fraca, segundo moradores.

“Seria melhor se as lâmpadas amarelas fossem trocadas pelas lâmpadas brancas”, afirmou a moradora Elisa Teixeira.

Moradores demonstram receio com iluminação pública precária Foto: Renata Okumura

Com relação à troca do poste, Simone destaca que um deles ficou muito afastado. “Antes o segundo poste ficava certinho entre o primeiro e o terceiro poste, agora está mais próximo do terceiro poste”, disse.

O Ilume (Departamento de Iluminação Pública de São Paulo) informa que no local foi detectado um problema de aterramento, ocorrido durante a troca de postes pela concessionária de energia que causou a queda de fase no circuito da Rede de Iluminação, por isso as lâmpadas “pareciam mais fracas”, conforme a informação enviada.

“Foi refeita a conexão e a iluminação no local restaurada com lâmpadas de 250 Watts, adequadas para o local. Com relação à distância entre os postes, utilizamos a distância padrão dos postes da AES/Eletropaulo (30m em 30m) que é satisfatória para aquelas vias”, reforçou a nota.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Mais conteúdo sobre:

RuasEscuridãoinsegurança