Fotógrafo do ‘Estado’ é agredido no desfile das Rosas de Ouro

Estadão

05 Março 2011 | 12h39

O fotógrafo do Estado Filipe Araújo foi agredido por integrantes da Escola de Samba Rosas de Ouro, no primeiro dia de desfiles do carnaval de São Paulo.

Ele estava acompanhado a movimentação no Anhembi junto a profissionais de outros veículos quando recebeu um golpe na nuca de um homem que tentava livrar a área por onde os carros deixam a passarela. “É tudo bem conturbado. Quando acaba o desfile eles já saem empurrando os fotógrafos”, disse Filipe. Ele afirma entender o nervosismo das escolas, mas achou a truculência exagerada.

“Acho que eles sentiram a pressão e começaram a empurrar absurdamente. Nisso, veio um deles e me deu uma porrada na nuca”, acrescentou. Enquanto perguntava por que havia sido agredido daquela forma, Filipe sentiu mais um golpe, que acertou parte de seu rosto. Ele conseguiu se esquivar, mas aí a confusão já tinha se instalado, com colegas de profissão tentando ajudar o fotógrafo, que chegou a cair no chão e ser pisoteado. Filipe ficou com a perna e cotovelo ralados.


De acordo com o fotógrafo, outros profissionais também foram agredidos, e parte dos equipamentos de alguns deles chegou a ser quebrado durante a briga. Procurada pela reportagem para comentar o incidente, a assessoria de imprensa da escola não foi localizada. (Tania Gomes)

Mais conteúdo sobre:

São Paulo