Registro de lesões corporais aumenta 22% na folia de Salvador

Estadão

09 Março 2011 | 22h35

Tiago Décimo, de O Estado de S.Paulo

Puxado pelo número de registros de lesões corporais causadas por brigas, que teve aumento de 22% entre o carnaval do ano passado e o deste ano, o número total de ocorrências na folia de Salvador, cresceu 2,7% entre as festas de 2010 e de 2011, segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública. Foram 1.226 registros este ano, ante 1.193 no ano passado.

Como normalmente ocorre, a maior parte dos registros foi de furtos, mas eles tiveram redução de 3,7% com relação ao mesmo período do ano passado, 860 ante 893. Já o segundo tipo de ocorrência mais frequente, lesões corporais, teve um aumento de 22%, saltando de 182 casos, no ano passado, para 222 neste ano.
Pelo quarto ano seguido, não foram registrados homicídios nos circuitos do carnaval de Salvador.