Tom Maior desfila sem Lula e animais

Estadão

05 Março 2011 | 01h04

[galeria id=263]

Após semanas de polêmicas, a Tom Maior fez um desfile sem incidentes no sambódromo do Anhembi, em São Paulo – e sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, convidado de honra para a homenagem à cidade de São Bernardo do Campo. Também ficaram de fora os animais selvagens que, supostamente, a escola iria levar para a avenida. No lugar, duas passistas desfilaram com fantasias de jaguatirica.

A presença de Lula, que era aguardada, não se confirmou. E apesar do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ter vetado a presença dos animais nesta semana, a escola tratou a questão como uma grande brincadeira. “A imprensa confundiu os animais exóticos”, disse o carnavalesco Chico Spinosa, em referência às passistas.

Embora Lula não tenha comparecido ao desfile, a Tom Maior reuniu ícones do lulismo. O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, disse ter aprovado o desempenho da agremiação. Em sua opinião, a escola representou bem a cidade. “A Tom Maior escolheu bem os símbolos que representam a origem de São Bernardo”, disse.


Nas fantasias e nos carros alegóricos, a escola fez várias referências às indústrias e aos operários. Em uma das alas, os foliões vestiam macacões vermelhos com uma faixa presidencial no peito, numa referência à trajetória do ex-presidente Lula. Para o vice-presidente de São Bernardo, Frank Aguiar, o desfile foi empolgante. “Lula fez falta. As pessoas o esperavam. Ele é um ídolo”, afirmou. Segundo Aguiar, a justificativa de Lula para não comparecer ao evento é que ele quis evitar tumultos. “A presença dele certamente teria enaltecido mais a escola.”

Frank Aguiar desfilou no último carro alegórico da Tom Maior. Segundo ele, quando já estava no carro, recebeu várias ligações no celular de amigos, entre eles Lula. O ex-presidente, de acordo com Aguiar, gostou do desfile.  (Circe Bonatelli e Fabrício de Castro)

Acompanhe aqui as fotos da festa. Direto do Anhembi, a reportagem do Estadão.com.br segue os melhores lances da folia pelo Twitter @metropole_oesp. Siga!

Confira o samba-enredo da Tom Maior:

Salve, Salve, São Bernardo, pedaço do meu Brasil – Terra-mãe dos paulistas!
Meu canto vai ecoar…  amor
Sou Tom Maior de coração
Bate forte no meu peito, São Bernardo
Nas cores do meu pavilhão

Em nome do pai
Cruzou a mata o colonizador
Na trilha do grande guerreiro
Destemido caçador
De um grande amor
Dessa união, a terra-mãe nasceu
Solo explorado pelos jesuítas
No caminho do mar
Da imigração, a formação desse povo vencedor
Que nunca trabalhou em vão
Nesse lindo pedaço da nação

Uma catedral, era a natureza
Chora represa, a fonte da vida (bis)
Vamos pôr a mão na consciência
Pro futuro, preservar é a saída

É você, a cidade que embala as crianças
É você, pra cultura um “eco” de esperança
Ah! quanta saudade
Do astro da vera cruz
Dá água na boca esse tempero
A força nordestina te conduz
Do carro tu és a capital
Berço moderno da luta social
Brilha… lá no alto uma estrela
Brilhou… lá iluminando o nosso país
Quem lutou por um ideal
Sem medo de ser feli
z

Atualizado à 3h33 para acréscimo de informação

Mais conteúdo sobre:

carnavalLulaTom Maior