Trem de fricção

Trem de fricção

Paulo Rosenbaum

13 Julho 2013 | 22h07

 

 

 

Parque de brinquedos vintage abre as portas em Nova York

Tertius entrou desesperado na casa do avô viúvo.

Sentiu que poderia achar o que queria.

— Onde está vovô?

— Na última gaveta.

O garoto ficou olhando esperando pelo complemento da informação.

–Lá. No quarto que era do seu pai.

Tertius escalou o sobrado e ajoelhou-se diante da  cômoda instável. Revirou tudo da última gaveta e retirou o brinquedo.

Estava inteiro e era parecido com o que brincou no parque. Fez a fricção e soltou para ver a locomotiva circular.

Anoiteceu e ele ainda estava excitado.

O avô recolheu o neto adormecido do chão do quarto e o embalou até a cama.

Tertius sonhou: descobriu que o mundo das telas, dos vídeo-games era uma enganação de brincadeira.

Ele riu. Soube que a felicidade estava ao contrário.

Mais conteúdo sobre:

conto de notíciamundo virtual