Montando um quebra-cabeça

Estadão

08 Novembro 2009 | 01h00

Este blog nasce para tentar apurar informações sobre a estrutura criminal nos Estados brasileiros. Vamos publicar fatos e entrevistas que nos ajudem a responder questões do tipo:

1) Qual o grau de organização do crime nos diferentes Estados
2) Quais as atividades criminais mais comuns nesses locais
3) Qual a eficiência das polícias em seu papel de evitar o crime e punir os criminosos
4) Como o varejo das drogas atua nas principais cidades
5) Existem facções organizando a venda
6) Existem facções atuando no atacado das drogas
7) Integrantes das instituições do Estado participam ou contribuem para a ocorrência de atividades criminosas
8) Quais políticas de controle da criminalidade organizada são adotadas pelos Estados
9) Quais as políticas de controle da atividade policial (fiscalização, transparência de dados)
10) Abertura em relação à comunidade acadêmica
11) Comprometimento com políticas ligadas aos direitos humanos
12) De que forma as críticas feitas pela sociedade são levadas em consideração pelas polícias para a mudança de seus procedimentos e estruturas

Outras dúvidas a respeito da criminalidade serão levantadas ao longo desta apuração. Fontes ligadas às polícias estaduais e federais, ao Ministério Público, à Justiça, às comunidades que vivem o problema e mesmo às estruturas criminais serão procuradas. Esperamos também poder contar com a ajuda dos leitores do blog para conseguirmos esclarecer nossas perguntas.

Conforme a apuração avance, tentaremos classificar as características do crime em cada Estado, apontando semelhanças e diferenças. Isso talvez nos ajude a enxergar mais claramente o processo de crescimento da criminalidade nos últimos anos e o papel das instituições estaduais e federais nas políticas de segurança pública.

O levantamento a ser feito neste blog vai partir de um vasto conjunto de dados que vem sendo coletado sistematicamente pelos governos – principalmente ao longo desta década. A apuração deve priorizar os Estados com maiores índices de homicídio, conforme os dados de 2008 do Mapa da Violência Urbana dos municípios brasileiros. Tentaremos compreender como as estruturas criminais contribuem para a ocorrência dessas mortes.

Além da apuração a ser feita pelo blog, podemos contar com os dados da área de segurança pública colhidos pelos anuários do Forum Nacional de Segurança Pública. Eles permitem saber dados estruturais sobre cada Estado, como:

1) Total de policiais militares e civis – dados per capita
2) Despesas realizadas com segurança pública – incluindo a área de inteligência
3) Sistema Prisional – total de encarcerados e de vagas

Essas e outras informações permitem que comecemos a apuração a partir de um conhecimento mínimo da realidade local da segurança pública. Contamos também com o apoio do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que vai fazer a ponte entre o blog e os mais de 5 mil associados da instituição, o que nos permite partir de interlocutores qualificados para a discussão – muitos deles devem se tornar fontes do blog.