1. Usuário
Assine o Estadão
assine
sexta-feira 21/08/15 16:18

A noite em que Chet Baker quase morreu de overdose no Brasil

1985.08.20-chet-baker-palace

Na virada da noite de 20 para 21 de agosto de 1985 o Brasil esteve perto de se tornar o local de uma efeméride macabra da história da música mundial. Naquela noite de terça-feira, após se apresentar para uma plateia de duas mil pessoas na extinta casa de shows Palace, o lendário trompetista Chet Baker

Ler post
quarta-feira 10/06/15 21:42

STF repudia censura, mas biógrafo ainda é tratado como bandido

Foi bonito, foi. Foi bonito de ver os ministros togados do Supremo Tribunal Federal em unanimidade repetir literalmente em suas falas aquilo que Raul Seixas já cantava nos tempos de censura da ditadura militar. “O homem tem direito de pensar, de pensar o que quiser, de dizer o que quiser, de escrever o que ele

Ler post
terça-feira 28/04/15 08:43

Brasileiro condenado à morte pela ditadura se livrou de fuzilamento por ser menor de idade

1971.03.19_THEODOMIRO2

Mesmo nesses dias em que dois brasileiros foram condenados à morte na Indonésia poucos se lembram. Mas um brasileiro já foi condenado à pena de morte aqui mesmo no Brasil durante a ditadura militar.  Theodomiro Romeiro dos Santos foi condenado à morte por um tribunal militar em 1971 por ter assassinado o sargento da Aeronáutica Walder

Ler post
quarta-feira 15/04/15 07:34

Que gosto tem carne de cachorro?

carne-de-cachorro-coreia-do-sul-ulsan-2002-edmundo-leite-fotos-estadao-06

Cozida, parece o cupim bovino. A constatação e a foto acima foram feitas na Coréia em 2002, e – felizmente – não numa pastelaria do Rio de Janeiro onde uma ação contra o trabalho escravo encontrou carne de cachorro num congelador. Esse detalhe… hum… nojento… para a cultura ocidental acabou ganhando mais repercussão que as

Ler post
quarta-feira 07/01/15 14:49

No Brasil, Maomé é citado em marchinhas de carnaval e rock

raulseixasmaome

Com André Mascarenhas* O ataque que matou ao menos 12 pessoas na redação da revista francesa que publicou charges do profeta muçulmano Maomé reacendeu o debate sobre liberdade de expressão, autocensura, intolerância religiosa e choque de civilizações. Como na religião muçulmana é proibida a representação das divindades e outros nomes sagrados, a publicação das charges

Ler post
quarta-feira 10/12/14 13:16

Comissão da Verdade perdeu chance única ao desprezar lei da Anistia

Documento encontrado na cada de militar assassinado no Rio Grande do Sul

Nunca mais haverá outra oportunidade como essa. E o Brasil desperdiçou. Após mais de dois anos de trabalho, o relatório final da Comissão Nacional da Verdade é um grande TCC  (Trabalho de Conclusão de Curso), com muita compilação de informações já conhecidas e quase nenhuma novidade. Ao desprezar a Lei da Anistia e optar por nada

Ler post