Reaprender
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Reaprender

Redação

14 Outubro 2010 | 01h23

Não precisamos necessariamente de chicotes – como os presenteados a Chico Ornellas – para aprendermos certos coisas. Mas é realmente muito bom ter esse tempo de reflexão, esse reaprendizado de tudo o que achávamos saber. Aquela do filósofo, “só sei que nada sei”, sempre foi um dos motivos para alguns se aventurarem por esta profissão, que todo dia te dá algo novo sobre o que pensar, sobre o que aprender. Um dos meus motivos, pelo menos.

E como reaprendemos nos últimos dias! Não há como esquecer a já maior tag do blog, Paco Sánchez, hablando en pacunhol que a promoção do amor é a grande função do jornalista. Fica na memória também a conversa com o californiano-brasileiro Matthew Shirts, editor da National Geographic no Brasil, mostrando em Portuguese a força do fotojornalismo. A última palestra foi com o editor do Estado Marcelo Beraba, que discutiu o valor da apuração. Aprendemos até mesmo a como nos comportar em um jantar servido à francesa com a consultora de imagem Renata Mello. Copos e talheres não são mais um problema.

Com os colegas de curso, constatamos, mais uma vez, que este País é grande e diverso. Neste caso, biscoitos e bolachas não são bons parâmetros, como escreveu um dos Gustavos. Eu, por exemplo, nasci comendo bolachas; hoje, compro biscoitos. É nos confrontos de experiências que as diferenças se sobressaem. Formamos um time tão cosmopolita e variado ideologicamente que é difícil prever aonde a próxima conversa vai chegar. Possivelmente em piadas. Certamente inteligentes.

Grande parte da transpiração que a profissão exige está neste aprendizado constante, sem fim. Para isso, mais do que refletir, precisamos mergulhar nos fundamentos básicos da profissão, sem nos esquecer dos valores humanos. Afinal, durante o curso, falamos com médicos e lixeiros, ministros e mendigos. E é o que estamos fazendo nos últimos dias: mergulhando em jornalismo.

Henrique Bolgue, de 27 anos, é formado em Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), onde também cursa o último semestre de Audiovisual