‘Estadão Notícias’: Dinâmica aristocrática mantém benefícios pouco justificáveis na Câmara dos Deputados, afirma cientista político
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Dinâmica aristocrática mantém benefícios pouco justificáveis na Câmara dos Deputados, afirma cientista político

Gustavo Lopes Alves

16 Janeiro 2018 | 06h00

Edição desta terça-feira, 16, fala sobre dados obtidos pelo Estadão sobre como a Câmara dos Deputados tem gasto o dinheiro público com viagens, e até, com suplentes que assumem a vaga de deputados e senadores, por menos de uma semana. Em um dos casos, uma viagem de quatro dias dos deputados baianos Claudio Cajado (DEM) e Antonio Imbassahy (PSDB), em dezembro de 2015, para o Casaquistão e a Georgia custaram, respectivamente, R$ 45,5 mil e R$ 45,3 mil. E teve suplente que ficou 6 dias no cargo e recebeu o equivalente a R$ 67 mil. Em maio de 2016, o senador Romero Jucá (MDB-RR) se afastou do mandato para assumir o comando do Ministério do Planejamento. Em seu lugar, tomou posse Wirlande da Luz (MDB-RR). Uma semana depois, Jucá renunciou ao cargo de ministro e retomou o mandato, com isso, o suplente recebeu R$ 67.526. O cientista político da consultoria Pulso Público, Vitor Oliveira, lembra que é importante ter verbas para manter a máquina funcionando, mas que alguns gastos devem ser revistos. Ouça no player abaixo:

Ainda nesta edição, vamos repercutir a entrevista do comandante do exército, general Eduardo Villas Bôas que criticou o uso das forças armadas para segurança pública nos Estados. Ele avalia que o uso das tropas federais “não tem capacidade” de solucionar os problemas e se mostra incomodado com a possibilidade de “uso político” das Forças Armadas nas eleições. O repórter especial do Estadão Roberto Godoy comentou o “desabafo” do comandante.

Você pode participar com sugestões e comentários em nossa produção de podcasts. Aguardamos o seu e-mail no seguinte endereço: podcast@estadao.com

AGORA ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão acabam de ganhar um novo canal de distribuição: o serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta se logar na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de buscas o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.

FOTO: DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO