‘Estadão Notícias’: Mínima histórica da Selic, a urgência da reforma e a nova política nuclear de Trump
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Mínima histórica da Selic, a urgência da reforma e a nova política nuclear de Trump

Emanuel Bomfim

08 Fevereiro 2018 | 06h00

Edição desta quinta-feira, 08, ataca temas econômicos importantes para o País, mas também olha para o mundo ao avaliar a nova política nuclear apresentada recentemente pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Na seara econômica, um dos destaque é a taxa Selic, que chegou ao seu patamar mais baixo, em 6,75%. A decisão foi comunicada ontem (07) pelo Copom (Comitê de Políticas Monetárias do Banco Central). O corte de 0,25% já era esperado pelo mercado. A questão agora é saber quais serão os próximos passos. E tudo indica que a taxa básica de juros da economia brasileira deverá se manter neste patamar por algum tempo. Para entender melhor o assunto e os horizontes que se apresentam, vamos ouvir aqui no programa o economista Silvio Campos Neto, da Tendências Consultoria.

“Isso significa que o patamar atual já se encontra num nível que o Banco Central chama de estimulativo, um patamar abaixo do que é considerado uma taxa neutra, de equilíbrio. Isso já tem gerado efeitos importantes numa recuperação que a gente tem observado da atividade”, avalia Campos Neto. Ouça entrevista no player acima.

Ainda nesta área econômica, mas com amplo lastro político, seguimos debatendo a reforma da Previdência. O governo segue em busca dos 308 votos necessários para aprovar a PEC na Câmara dos Deputados. E para isso, abrandou um pouco mais o texto base da reforma, apresentado ontem pelo relator, o deputado Arthur Oliveira Maia. Diante das dificuldades de aprovação, também já se esticou um pouco mais o calendário, colocando o dia 28 de fevereiro como data final para a votação. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, garante que o debate começa no dia 19.


 

Confira ainda nesta edição um bate papo com Roberto Godoy, especialista em defesa, que vai explica o que está por trás da nova política nuclear dos EUA, anunciada pelo presidente Donald Trump. O governo norte-americano pretende manter grande parte da política de armas nucleares da administração Barack Obama, mas adotará uma posição mais agressiva com relação à Rússia. O país também pretende adquirir novas armas nucleares de baixa potência, em resposta ao rearmamento russo, segundo nova diretriz divulgada no último dia 2, pelo Pentágono.

 

Você pode participar com sugestões e comentários em nossa produção de podcasts. Aguardamos o seu e-mail no seguinte endereço: podcast@estadao.com

 

AGORA ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão acabam de ganhar um novo canal de distribuição: o serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta se logar na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de buscas o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.

 

Fatores de turbulência externa e entraves internos, como a reforma da Previdência, vão definir os rumos da Selic nos próximos meses (Foto: Andre Dusek/Estadão)