1. Usuário
Assine o Estadão
assine


#EstadaoMetroSP: ferramenta registra colaboração de milhares de usuários durante greve

Gabriel Pinheiro

05 junho 2014 | 19:06

A ferramenta #EstadaoMetroSP registrou a colaboração de milhares de usuários do Metrô no primeiro dia de greve dos metroviários na capital paulista. Desenvolvida em parceria com o Twitter, a plataforma colaborativa reúne informações de todas as linhas em tempo real. Pela rede social, os usuários avaliam o serviço e podem enviar seus relatos e fotos. O conteúdo é filtrado e exibido no portal do Estadão. Até o início da noite, a ferramenta registrou 2,4 mil tweets, entre avaliações, comentários e fotos direto dos trens e estações.

A iniciativa rende elogios nas redes sociais. “Parece que ajuda na hora de decidir se vou ou não de metrô”, tuitou @bonfatto. “Fantástica a parceria do @TwitterBrasil com o @Estadao para o #EstadaoMetroSP”, escreveu @carlyson. “Dá para colaborar bastante com informação em real time”, tuitou @levijota, usuário da plataforma.

“O widget #EstadaoMetroSP é uma ferramenta colaborativa: os usuários do Metrô são a melhor fonte de informações sobre as condições de cada uma das linhas, porque estão nos trens e plataformas todos os dias, vivendo as mais diferentes situações. A prestação de serviços é uma vocação do Twitter que o novo site do Estadão soube aproveitar muito bem”, avalia Leonardo Stamillo, diretor de jornalismo e política do Twitter no Brasil.

Para participar, basta enviar seu tweet ou foto citando as linhas do Metrô paulistano. No site do Estadão, a ferramenta está localizada no menu ‘Serviços’. Se preferir, acesse: http://oesta.do/estadaometrosp. Escolha o trecho desejado e clique em “diga como está a linha” para registrar sua avaliação. É necessário ter um perfil no Twitter.

Abaixo, algumas das fotos registradas pela ferramenta: