A bandidagem não perdoa

Tutty Vasques

04 Agosto 2008 | 21h22

Há no crime organizado quem garanta que são exageradas as suspeitas de relacionamento entre Fernandinho Beira-Mar e Juan Carlos Abadia na Penitenciária Federal de Campo Grande.

Traficantes de facções inimigas garantem que eles estavam só ficando.

Só se fala disso nos presídios de segurança máxima.