Au revoir, madame!

Tutty Vasques

22 Julho 2013 | 05h54

reproduçãoTem um Rio que não existe mais e agora menos ainda, depois da morte de Claude ‘Amarral’ Peixoto.

O prefeito Eduardo Paes nem teria dito que a França “não é um país de gente trabalhadora” se tivesse antes a notícia do adeus da ex-namorada de Charles Aznavour que, aos 20 anos, desembarcou da turnê do cantor no Brasil para ser carioca de um jeito que também não existe mais.

Segue o jogo!