Crime perfeito

Tutty Vasques

02 Julho 2011 | 16h45

reproduçãoSó falta agora descobrirem que foi o próprio Dominique Strauss-Kahn quem armou com a camareira o falso caso de estupro protagonizado pelos dois naquele hotel de Nova York.

O desfecho da história deve render a Presidência da França ao ex-diretor-gerente do FMI.