Eu, hein!

Tutty Vasques

26 Setembro 2012 | 06h41

Que diabos o cinema brasileiro, Luiz Carlos Barreto à frente, tem contra a chamada “espetacularização” do julgamento do mensalão?

Se fosse nos EUA, os caras de Hollywood estariam brigando pelos direitos da versão cinematográfica da história.