Ô, raça!

Tutty Vasques

27 Julho 2011 | 20h14

O atirador norueguês Anders Behring Breivik acusa em manifesto a “miscigenação” no Brasil como responsável pelo que ele chama de “nação de segunda classe” em que vivemos.

Como se não fosse uma só raça – a dos políticos – que atravanca o progresso do País.