Que droga é essa?

Tutty Vasques

30 Março 2011 | 06h09

gfgffComo se não bastassem as drogas auditivas que não dão barato nenhum – tipo Reginho e Banda Surpresa, Tati Quebra Barraco, Netinho e Restart -, inventaram agora o tal I-Doser, mistura de sons em CD que promete efeitos semelhantes ao da maconha, da cocaína, do ecstasy e do orgasmo. Não admira que essa garotada louca pelo Justin Bieber fique mesmo doidona com qualquer porcaria.

Mais até que os pais, os traficantes de drogas convencionais devem estar apavorados com a concorrência que virou notícia na nova rádio Estadão ESPN. Se, como apurou a reportagem, por R$ 20 qualquer garotão de bobeira em São Paulo adquire seu I-Doser livremente nos camelôs da Rua Santa Ifigênia, só maluco de pedra vai continuar se arriscando em bocas de fumo da cidade pra fazer a cabeça. A droga auditiva leva ainda sobre os entorpecentes proibidos por lei a vantagem de não acabar após o consumo. Dá até pra fazer cópia pirata pros amigos!

Quanto aos efeitos alucinógenos produzidos pelos sons em sincronia com as ondas cerebrais da rapaziada, mal comparando, pai nenhum acreditaria que a filha engravidou porque deixou se emprenhar pelo ouvido, né não?