1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Quem lê tanta má notícia?

Tutty Vasques

26 abril 2014 | 06:16

REPRODUÇÃOA centenária instituição da má notícia no Brasil precisa tomar cuidado com sua banalização na imprensa! Tem dias que, francamente, parece mentira que tudo-isso-que-aí-está nos jornais esteja acontecendo ao mesmo tempo, aqui e agora.

A madrasta assassina, o político ladrão, o doleiro amigo dele, o falso padre, o torturador executado, o policial que algemou e matou a namorada em via pública, o triste fim do dançarino do ‘Esquenta’, a via crucis dos haitianos, a volta do mal da vaca louca, o surto de dengue, o vazamento de gás, as demissões na Volkswagen, a falta d’água, a crise de energia, a inflação, os ônibus em chamas, o atraso nas obras da Copa, dá para acreditar que o Dado Dolabella bateu de novo em alguém?

A semana que termina foi constrangedora para quem vive dizendo que “má notícia a maior diversão”. Uma coisa não leva à outra, mas vêm a calhar as férias que este blog passa a desfrutar a partir da semana que vem. Preciso me divertir um pouco, também!