Risco Adriano

Tutty Vasques

25 Março 2011 | 06h26

dgadsdDepende muito do que rolar no fim de semana que o cerimonial do Imperador Adriano está preparando para a visita oficial do presidente Andrés Sanches ao Rio, mas, pelo que ficou “apalavrado” entre as partes, o contrato de risco a ser firmado com o Corinthians vai demorar ainda algum tempo para ser redigido na íntegra.

Sabe-se que o atacante ganhará por produtividade. Ou seja, seu salário vai variar entre R$ 300 mil e R$ 500 mil, de acordo com sua frequência nos treinos e jogos do Timão. O que não quer dizer, necessariamente, que, se ele não fizer nada em campo, mete os trezentinhos no bolso, e segue o jogo. Nananinanão!

Quem está cuidando da papelada é a 9ine (naine, para os íntimos), empresa do Fenômeno que, entre outras cláusulas disciplinares, está negociando o valor de multa aplicada ao jogador por cada quilo que engordar na temporada.

Comenta-se no submundo da imprensa esportiva que já tem até uma tabela de descontos no holerite do Imperador, com valores distintos por transgressão cometida: chope (R$ 5 mil); baile funk sem barraco (R$ 7 mil) – com barraco (R$ 10 mil); passeio em garupa de moto (R$ 4,5 mil); bolha nos pés (R$ 3 mil); loura nova no pedaço (R$ 8 mil)…

Vai acabar ficando barato pra caramba!