1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Torcida desorganizada

Tutty Vasques

08 julho 2014 | 06:03

ilustração pojucanSe tivessem um bom advogado, as torcidas organizadas – ô, raça! – estariam cobrando agora na Justiça direito de resposta a tantos anos em destaque no noticiário pela sua contribuição à truculência no esporte. Sem esses animais, percebe-se nos jogos da seleção, as arquibancadas brasileiras ficam tão mais civilizadas quanto sem graça: não sabem o que dizer, sequer em que circunstâncias se manifestar. Esperaram o Neymar sair da competição para gritar o nome dele nos estádios! O Brasil lançou nesta Copa o conceito de torcida desorganizada!

Não se trata, evidentemente, de um bando de loucos, e aí talvez esteja o problema: o brasileiro que tem o hábito de ir a estádio torcer por seu clube sente agora falta desses malucos que dão voz às multidões. Enfim, somos dependentes das torcidas organizadas que tanto queremos banir do futebol. A mesma força que assusta, também alegra a massa – não há porque negar este valor às malditas organizadas!