Uma hora a menos no inferno

Tutty Vasques

14 Outubro 2007 | 01h37

Com o horário de verão, Renan Calheiros perdeu logo de cara 1h de sua licença, que terá agora 44 dias e 23 horas.

Essas coisas a oposição não vê.

Ô, raça!