1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Quem Faz

LUIZ ALEXANDRE SOUZA VENTURA é jornalista e enfrenta desde os 12 a Síndrome de Charcot-Marie-Tooth. Começou a carreira em 1996 no jornal A Tribuna (Santos/SP). Foi editor do estadão.com.br, trabalhou para as rádios Globo e CBN, Editora Abril e jornal Diário do Comércio, além de diversas agências de comunicação corporativa. É formado em jornalismo pela Universidade Santa Cecília (Santos/SP) e pós-graduado em Tecnologias da Informação pelas Faculdades Associadas de São Paulo (FASP)
segunda-feira 15/12/14 12:05

“É mentira. Vou processar a Caixa”

Leonardo David teve a perna direita amputada em 2009. Foto: Arquivo Pessoal

Muitos dizem que casos como esse são usados para disseminar o 'coitadismo'. É um grande erro. Situações assim servem de exemplo. Precisam ser divulgadas ao máximo, porque todos os cidadãos têm direito de ir e vir. E todas as instituições têm a obrigação de garantir acesso total, para todas as pessoas. O fato relatado por Leonardo David se multiplica em todo o País. Falta conhecimento sobre acessibilidade e, principalmente, sobre CIDADANIA no Brasil.

Ler post
quinta-feira 11/12/14 17:02

“Me senti criminalizado por usar muletas”

Agência da Caixa Econômica Federal em Pilares, no Rio de Janeiro. Foto: Reprodução/Google Maps

Medidas que, em teoria, garantem o acesso de pessoas com deficiência às agências bancárias, não somente da Caixa, precisam ser reavaliadas, principalmente porque a porta lateral, reservada a clientes em cadeiras de rodas, pode (e deve) ser aberta a pessoas com muletas e outras ferramentas de acessibilidade. A situação enfatiza um grande atraso no entendimento sobre pessoas com deficiência. Ainda há muito para ser melhorado.

Ler post