1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

LUIZ ALEXANDRE SOUZA VENTURA é jornalista e enfrenta desde os 12 a Síndrome de Charcot-Marie-Tooth. Começou a carreira em 1996 no jornal A Tribuna (Santos/SP). Foi editor do estadão.com.br, trabalhou para as rádios Globo e CBN, Editora Abril e jornal Diário do Comércio, além de diversas agências de comunicação corporativa. É formado em jornalismo pela Universidade Santa Cecília (Santos/SP) e pós-graduado em Tecnologias da Informação pelas Faculdades Associadas de São Paulo (FASP)
segunda-feira 30/06/14 11:47

Aplicativo alerta pessoas com deficiência auditiva sobre situações de emergência

Imagem: Reprodução

[caption id="attachment_2652" align="aligncenter" width="550"] Imagem: Reprodução[/caption] 'Hearing Aid' é um aplicativo para smatphones que alerta pessoas com deficiência auditiva sobre situações de emergência, como sirenes de ambulâncias, viaturas da polícia e dos bombeiros, alarmes de incêndio e detectores de fumaça. Criado pelo grupo Grey, em parceria com a Singapore Association for the Deaf, o app processa sons do ambiente e transforma em notificações visuais e vibrações, que duram aproximadamente 20 segundos. ...

Ler post
quinta-feira 26/06/14 13:22

Muito cuidado com as ‘denúncias’

Desde o começo desta Copa, no dia 12 junho, surgem 'denúncias' de pessoas que, segundo os denunciantes, fingem ser pessoas com deficiência, principalmente usuários de cadeira de rodas, para ocupar espaços reservados. Nesta quinta-feira, mais um vídeo foi publicado, desta vez pela Rádio CBN. O assunto é delicado, principalmente porque não sabemos tudo sobre a realidade de cada um. E uma pessoa que precisa usar cadeira de rodas, necessariamente, não está totalmente imobilizada. Em muitos casos, trata-se de uma ...

Ler post
terça-feira 24/06/14 13:41

“O preconceito, em muitos casos, está na própria família”

Imagem: Reprodução

[caption id="attachment_2639" align="aligncenter" width="550"] Imagem: Reprodução[/caption] André Castro tem 48 anos, é dentista, formado em 1987, e atende somente pessoas com deficiência. Essa decisão, segundo ele, foi tomada três anos atrás, "porque há uma carência de profissionais preparados para esse tipo de trabalho", mas também tem relação direta com algo íntimo. "Minha experiência facilita um pouco o trato que devemos ter, principalmente a paciência, mediante as dificuldades de atendimento, somadas ao condicionamento necessário, do ...

Ler post
segunda-feira 23/06/14 11:37

Professores do IBC pedem nomeação urgente de novos docentes

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Professores do Instituto Benjamin Constant (IBC), que atende pessoas com deficiência visual, estão fazendo um revezamento de turmas, porque, segundo os docentes, o número desses profissionais não é suficiente para suprir todas as classes, problema que afeta diretamente o desenvolvimento dos alunos.

De acordo com a professora Sylvia Soares, em dezembro de 2013, novos docentes foram convocados, com base na portaria interministerial nº 344. “Até hoje a nomeação não ocorreu, sem que haja novos prazos para a mesma. O processo de nomeação está em Brasília. E, segundo o IBC, há um impasse entre os ministérios da Educação e do Planejamento, relacionado ao planejamento orçamentário, e a exigência de uma nota técnica, sem a qual a nomeação é impossível”.

Por isso, os professores criaram um abaixo-assinado online (acesse aqui), com apoio dos pais dos estudantes, solicitando respostas por parte do governo. “No decorrer deste tempo, o IBC nos informou que o Ministério da Educação já se comprometeu a dar andamento a esta nota técnica e , por fim, à nomeação e posse”, explica Sylvia Soares.

“Não temos qualquer tipo de prazo a respeito disso. O ano letivo está passando e os alunos são prejudicados, além da rotina das famílias, que moram longe e nos procuram para obter atendimento de qualidade. Sem contar os professores convocados, que há mais de seis meses iniciaram o processo de admissão e agora parecem ignorados pelo poder público”, diz a professora.

Este blog procurou nesta segunda-feira, 23, o Instituto Benjamin Constant (IBC), por meio da assessoria de imprensa, e pediu explicações sobre o caso, mas ainda não houve resposta.

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Ler post
sexta-feira 13/06/14 12:02

“Favor não lavar os pés”

Foto: Reprodução - Facebook.com/ViveremSantos

Um aviso fixado junto a um bebedouro no Shopping La Plage, no Guarujá, litoral sul de SP, desperta curiosidade a respeito dos motivos que levaram a administração do centro comercial a utilizar tal estratégia para alertar sobre o uso correto de um equipamento acessível. "Srs. Clientes. Isto é um bebedouro rebaixado para acessibilidade. Favor não lavar os pés". É a frase escrita em letras maiúsculas. Um cliente do shopping publicou foto em um perfil no Facebook Ler post