Acessibilidade e inclusão em histórias contadas por crianças

Acessibilidade e inclusão em histórias contadas por crianças

Projeto publica vídeos com audiodescrição e Libras para desenvolver leitura, desenhos, oralidade, criatividade, valores e experiência conjunta. Programa tem plataforma colaborativa e já foi implementado em mais de 20 escolas paulistas. Confira no #blogVencerLimites quatro filmes com recursos acessíveis.

Luiz Alexandre Souza Ventura

11 Agosto 2017 | 13h43

Programa já foi implementado em mais de 20 escolas paulistas. Imagens: Reprodução. Montagem: blog Vencer Limites

Programa já foi implementado em mais de 20 escolas paulistas. Imagens: Reprodução. Montagem: blog Vencer Limites


A ideia surgiu em 2015, quando o menino Antonio, filho do artista plástico Vitor Azambuja, entregou ao pai um desenho feito a mão. Despertado pela imagem de traços simples, o artista que tem trabalhos apresentados em galerias do Brasil, Estados Unidos e Europa, enxergou a possibilidade de criar algo transformador.

Azambuja aplicou sua experiência como diretor de arte em agências de publicidade – entre elas a W/McCann e a Ogilvy – e produziu vídeos usando os desenhos feitos pelo menino.

Com uma ideia em mente, convidou dois amigos, Gilberto Barroso e Gian Carlo Rocchiccioli, ambos administradores, para dar forma ao projeto que se tornaria o ‘De Criança para Criança’, plataforma colaborativa que transforma histórias e desenhos em animações, com a locução de crianças, publicadas com audiodescrição e interpretação em Libras (Língua Brasileira de Sinais).







Integrado ao programa está a plataforma ‘Criando Juntos’, que recebe histórias, desenhos e locuções. Tudo é transformado em animações 2D. São sonhos, experiências reais, histórias fantásticas e desejos das crianças.

A meta é desenvolver a leitura, os desenhos, a oralidade, a criatividade, os valores e a experiência conjunta, além de incentivar a reflexão crítica e o pensamento independente em crianças de até 12 anos.

Em 2016, o projeto recebeu aporte financeiro – o investidor é mantido em sigilo – e também o apoio da Faber Castell para produção de 24 episódios inéditos que foram ao ar no canal infantil Zoomoo. O programa já foi implementado na grade mais de 20 escolas paulistas.

Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase 'VencerLimitesWhatsApp'

Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase ‘VencerLimitesWhatsApp’


0 Comentários