1. Usuário
Assine o Estadão
assine


As informações e opiniões expressas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Inclusão escolar

Luiz Alexandre Souza Ventura

15 novembro 2014 | 11:05

Projeto multiplataforma sobre pessoas com deficiência inclui livro, audiobook, curta metragem de animação e documentário.

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

‘Por que Heloísa’ e ‘Todos com Todos’ são produções da Conteúdos Diversos que abordam a inclusão escolar. A empresa paulista também é responsável pelo documentário ‘Pode entrar, a casa é nossa’, sobre moradia para pessoas com deficiência em Portugal.

Os três filmes fazem parte de um projeto multiplataforma no qual estão incluídos livro, audiobook, curta metragem de animação e documentário. E são frutos de um convênio entre a TV Cultura e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD).

‘Todos Com Todos’ mostra experiências inclusivas em escolas, públicas e particulares, com relatos de pais, professores e alunos. O projeto participou, em 2013, do evento Diálogos da Educação UNESCO/Paris, mostra de documentários sobre boas práticas na área da educação.

‘Por que Heloísa’ conta a história do processo de inclusão de uma menina que nasceu com paralisia cerebral. Reconhecida e elogiada pelas principais instituições de educação, a produção entrou, em 2012, para o catálogo oficial do Prix Jeunesse Internacional. Um detalhe é a tradução para Libras, que foi feita por uma criança de 7 anos, a mesma idade da personagem na animação.

‘Pode Entrar, a Casa é Nossa’ explora o conceito das Moradias Assistidas e as políticas de inclusão das pessoas com deficiência. Faz um paralelo entre o cenário das Moradias Assistidas em Portugal com o contexto atual do Brasil. É a primeira produção internacional da Conteúdos Diversos/Cinema Animadores, com apoio da Connect Comunicação de Lisboa.

As informações e opiniões expressas neste blog são de responsabilidade única do autor.