Programa forma profissionais em práticas esportivas para pessoas com deficiência

Programa forma profissionais em práticas esportivas para pessoas com deficiência

Batizado de 'Pulsar', curso é promovido pela da Câmara Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro, em parceria com o Instituto Superar e a FIRJAN, com metodologia desenvolvida por professores da Universidade de Colônia (Alemanha).

Luiz Alexandre Souza Ventura

15 Julho 2016 | 08h00

Programa Pulsar forma profissionais em práticas esportivas para pessoas com deficiência. Imagem: Divulgação

Programa Pulsar forma profissionais em práticas esportivas para pessoas com deficiência. Imagem: Divulgação

Profissionais de Educação Física, Psicologia, Nutrição e Fisioterapia estão a primeira turma, de 50 alunos, do Pulsar (Programa de Capacitação para Profissionais Paradesportivos), promovido pela Câmara Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ).


As aulas começaram em abril. No final, os participantes recebem um certificado de curso de extensão reconhecido pelo Ministério da Educação.

Com metodologia desenvolvida por professores da Universidade de Educação Física de Colônia (Deutsche Sporthochschule Köln), na Alemanha, tem duração de seis meses, com foco na capacitação em práticas esportivas para pessoas com deficiência, para desenvolver competências estratégicas com ênfase no cenário paradesportivo, incluindo aulas práticas e teóricas.

Aulas da primeira turma, com 50 profissionais (Educação Física, Psicologia, Nutrição, Fisioterapia e outros setores), começaram em abril. Foto: Divulgação

Aulas da primeira turma, com 50 profissionais (Educação Física, Psicologia, Nutrição e Fisioterapia), começaram em abril. Foto: Divulgação

O programa é dividido em nove módulos: desenvolvimento do esporte adaptado, aspectos sociológicos de pessoas com deficiência, fundamentos médicos, saúde, nutrição, treino e aprendizagem de exercício físico, psicologia, comunicação e educação física inclusiva (consulte detalhes mais abaixo).

Entre os professores estão Marcia Campeão, Felipe Di Biasi, Michele Costa, Marcia Fernandes, Patricia Vigário, Ana Paula Alves, Denise Biato, Patrick Souza, Thalita Ponce, Cecília Guimarães, Marcos Lima, Juliana Almeida, Claudemir Santos e Flávia Dutra. Há oficinas práticas de basquete sobre rodas, vôlei sentado, futebol de 5 e natação.

“Muito se fala em inclusão, mas não em como preparar profissionais que vão lidar com pessoas com deficiência. Com maior conhecimento de causa, é possível passar o máximo de conhecimento e aprendizado a elas. Percebemos essa carência no Brasil e resolvemos trazer o curso da Universidade de Esportes de Colônia, especializada no assunto na Alemanha, para os profissionais daqui”, diz a coordenadora do Pulsar, Viktoria Rohde.

Segundo o diretor-executivo da AHK-RJ e idealizador do programa, Hanno Erwes, a ideia é expandir o curso para São Paulo e outros estados.

No final, os participantes recebem um certificado de curso de extensão reconhecido pelo Ministério da Educação. Foto: Divulgação

No final, os participantes recebem um certificado de curso de extensão reconhecido pelo Ministério da Educação. Foto: Divulgação

Criado a partir e uma parceria com o Instituto Superar e com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), além da Universidade de Colônia, o programa tem patrocínio dos Laboratórios B.Braun, Bayer, Dannemann Siemsen Bigler & Ipanema Moreira (advogados), Stüssi-Neves (advogados), Lufthansa e Compactor.

Para saber mais, telefone para (21) 2224-2123 (ramal 109) ou mande e-mail para rio2016@ahk.com.br.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Módulo 1 – História (RIO/DSHS)
Professor: Marcia Campeão

Subdivisão:
– Desenvolvimento internacional
– Desenvolvimento nacional
– Estruturas e organização do esporte adaptado
– Relação das modalidades do esporte adaptado
– Esporte adaptado como oportunidade para o esportes coletivos

Módulo 2 – Sociologia (RIO/DSHS)
Professor: Felipe Di Biasi

Subdivisão:
– Definição: Inclusão
– Compreensão da deficiência (trato, modelo de participação)
– Participação social através do esporte
– Fundamentos do trabalho inclusivo

Módulo 3 – Fundamentos Médicos (DSHS)
Professor: Michele Costa

Subdivisão:
– Fundamentos anatômicos e fisiológicos
– Controle e regulação de postura e movimento

Módulo 4 – Saúde (DSHS)
Professores: Marcia Fernandes, Patricia Vigário e Ana Paula Alves

Subdivisão:
– Definição: saúde
– Esporte como fator da saúde
– Medidas de prevenção
– Definição: deficiência e distúrbios de desenvolvimento
– Apresentação de distúrbios conforme ICF
– Outros tipos de distúrbios: epilepsia, autismo, DDAH, obesidade, asma

Módulo 5 – Nutrição (RIO)
Professor: Denise Biato

Subdivisão:
– Fundamentos da nutrição
– Importância da nutrição

Módulo 6 – Fundamentos Treino e Aprendizagem de exercício físico (DSHS)
Professores: Patrick Souza e Thalita Ponce

Subdivisão:
– Particularidades no treino com pessoas com deficiência
– Medidas para a realização no esporte
– Motricidade: aspetos fundamentais do ensino de exercício físico
– Aprendizagem de exercício físico com pessoas com deficiência

Módulo 7 – Psicologia (RIO)
Professor: Cecília Guimarães

Subdivisão:
– Fundamentos da Psicologia
– Particularidades psicológicas de pessoas com deficiência

Módulo 8 – Comunicação (DSHS) + Comunicação na mídia (RIO)
Professores: Marcos Lima e Juliana Almeida

Subdivisão:
– Fundamentos da comunicação
– Importância da comunicação
– Particularidades na comunicação de pessoas com deficiência
– Princípios de comunicação e possíveis auxílios de comunicação
– Aspectos para uma comunicação bem sucedida na aula com grupos heterogêneos

Módulo 9 – Apoio na Educação Física Escolar (DSHS)
Professor: Claudemir Santos e Flávia Dutra

Subdivisão:
– Fundamentos metodológicos e didáticos para a educação física inclusiva na escola
– Trato com heterogeneidade na educação física escolar
– Diferenciação na educação física escolar
– Abordagem da motricidade psicológica
– Life-Kinetic
– Métodos de relaxamento
– Jogos alternativos de movimentação

Acompanhe o blog Vencer Limites nas redes sociais

Mais conteúdo sobre:

Esporte