Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Brasil

Brasil » 16 ônibus já foram depredados pela greve desta quarta no Rio

Brasil

16 ônibus já foram depredados pela greve desta quarta no Rio

Informação foi divulgada pelo sindicato das empresas de ônibus do município; no segundo dia da greve de 48 horas 40% da frota de 8,8 mil veículos circula na capital fluminense

0

Thaise Constancio,
O Estado de S. Paulo

14 Maio 2014 | 09h55

Rio - Pelo menos 16 ônibus foram depredados na cidade do Rio na manhã desta quarta-feira, 14, de acordo com o Rio Ônibus, sindicato das empresas de ônibus do município. No segundo dia da greve de 48 horas promovida por motoristas e cobradores dissidentes, 40% da frota de 8,8 mil veículos circula na capital fluminense.

Na tarde dessa terça-feira, a Justiça do Trabalho decretou que 70% da frota da capital voltasse às ruas sob pena de multa diária de R$ 50 mil para o sindicato da categoria. No primeiro dia de greve, 158 ônibus foram depredados e apenas 18% da frota circulou nas ruas.

A paralisação se estendeu para cinco municípios da Baixada Fluminense (Nova Iguaçu, São João de Meriti, Mesquita, Belford Roxo e Nilópolis). No fim da manhã, o TransÔnibus (sindicato que representa 38 empresas de ônibus da região) afirmou 86% da frota (de 3 mil veículos) estava em circulação e 12 ônibus haviam sido depredados.

Protesto. Na terça-feira, pelo menos 158 ônibus foram depredados, segundo o sindicato patronal, e oito grevistas foram detidos por vandalismo. Entre eles estão um homem e uma mulher funcionários da empresa São Silvestre, que quebraram a chave de um veículo da Via Rio que trafegava pela Avenida Brasil.

Nesta manhã, motoristas e cobradores da Baixada Fluminense iniciaram uma paralisação de 24 horas, em apoio à greve dos rodoviários da capital. As reivindicações são as mesmas: aumento salarial de 40%, cesta básica de R$ 400 e fim da dupla função de motorista e cobrador.

Mais conteúdo sobre: