Abadás para DJ Fatboy Slim estão esgotados

Desembarcou nesta noite no aeroporto de Salvador o DJ e produtor inglês Fatboy Slim, vindo de São Paulo (ele se apresentou em Maresias, no Sirena, no litoral norte, onde tocou na noite de Domingo. Antes, passara por Belo Horizonte, Brasília e Camboriú). O superprodutor é a nova atração do carnaval baiano - ele toca nesta terça por volta da meia-noite no circuito de rua da festa, no Bloco Skol. O brasileiro DJ Patife fará o aquecimento para Fatboy, conduzindo as picapes até o Farol da Barra. Fatboy, cujo nome real é Norman Cook, é um dos maiores salários do mundo das pistas no mundo. Já pôs para dançar 360 mil pessoas em Copacabana, há dois anos. Na chegada a Salvador, às 18h35, ele confraternizou com fãs (até brincou com um mais gordinho, um verdadeiro "fat boy", garoto gordo em inglês, já que o DJ é magro). Segundo a assessoria de Imprensa da Skol, que traz Fatboy, os 4,5 mil abadás de sua apresentação já foram vendidos (ao preço oficial de R$ 260; mas no mercado negro, em Salvador, os preços podem ir a mais de R$ 1 mil). A organização vai distribuir pisca-piscas para os foliões, além de prever transformar o circuito numa rave, com apresentações de pernas-de-pau e malabares durante a ferveção carnavalesca de Fatboy.

Agencia Estado,

27 Fevereiro 2006 | 22h38

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.