1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Vítimas do trânsito

Acidente de trânsito mata 4 e deixa 1 ferido em Curitiba

Evandro Fadel, de O Estado de S. Paulo

07 Dezembro 2009 | 15h 58

Preso em flagrante sob acusação de homicídio, motorista é filho do diretor-geral da Assembleia Legislativa do PR

Um acidente, no início da manhã desta segunda-feira, 7, no Bairro Batel, próximo ao centro de Curitiba, deixou quatro mortos e um ferido. O condutor do veículo que teria causado o acidente, Eduardo Miguel Abib, de 27 anos, foi preso em flagrante sob acusação de homicídio com dolo eventual - quando a pessoa não tem intenção de matar, mas assume o risco de fazê-lo em função de seus atos.

Eduardo se recusou a fazer o teste de bafômetro, mas, de acordo com os policiais que atenderam à ocorrência, demonstrava sinais de embriaguez. O provável causador do acidente é filho do diretor-geral da Assembleia Legislativa do Paraná, Abib Miguel. Seu advogado não pôde ser ouvido, pois iria acompanhar o depoimento na delegacia.

O delegado Armando Braga de Moraes Neto, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), disse que três testemunhas afirmaram que Abib estava acima do limite de velocidade local, que é de 60 quilômetros por hora. Outra testemunha ouvida pela polícia afirmou que ele não respeitou o sinal vermelho, atingindo outro carro, que foi jogado contra um poste.

"Não restou nenhuma dúvida sobre as circunstâncias do acidente", afirmou o delegado. "Foi relatado pelos policiais que atenderam no local que ele tinha odor etílico, olhos vermelhos, fala desconexa e vestes em desordem."

Com a batida, morreram no local Clóvis José de Jesus, de 39 anos, Alexandre da Silva, de 29 anos, e Ana Karin Manzo, de 19 anos. Thayná da Silva Arcângelo, de 18 anos, chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital. O motorista do carro que levou o choque, Felipe Pires, de 25 anos, estava internado no Hospital Evangélico com trauma no tórax até o início desta tarde. Eles estavam se dirigindo para um encontro da Igreja Mundial do Poder de Deus.

 

Vítimas do trânsito