Acidente de trem mata 10 e fere 100 na República Checa

Composição colide contra parte da ponte que estava sendo reconstruída e que tinha desabado nos trilhos

Reuters e Efe,

08 Agosto 2008 | 07h20

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 100 ficaram feridas no acidente com um trem expresso internacional em Studenka, nordeste do país. A composição colidiu por volta das 10h30 (5h30 em Brasília) contra os restos de uma antiga ponte que está em obras de reconstrução, mas as causas do acidente ainda foram esclarecidas. O trem EuroCity, que ia da cidade polonesa de Cracóvia para a capital checa, Praga, bateu a uma velocidade de cerca de 140 quilômetros por hora. Ele se chocou com pedaços da ponte que caíram na via, o que fez a locomotiva descarrilar e os seis vagões de passageiros, disse Jan Kucera, da Inspeção Ferroviária checa.   Um dispositivo de emergência formado por 16 brigadas de bombeiros foi ao local do acidente para iniciar os trabalhos de resgate dos passageiros ainda presos nas ferragens. Muitos dos viajantes iam ao show do Iron Maiden, que nesta sexta se apresenta na capital checa. Os feridos mais graves foram transferidos ao Hospital Facultativo de Ostrava.   "Há muitos feridos", disse David Pridal, autoridade do Corpo de Bombeiros. "Há alguns mortos, mas não temos um número preciso, porque as pessoas estão preferindo dedicar seu tempo àqueles que sobreviveram."   Studenka fica a cerca de 350 quilômetros de Praga e próxima à cidade de Ostrava, leste da República Checa, e da fronteira com a Polônia. Os trens para a Polônia e Eslováquia deverão ser desviados por outras localidades e isso causará grandes atrasos, informou o serviço de imprensa das Ferrovias Checas.  

Mais conteúdo sobre:
República Checa acidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.