1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Acidentes deixam 24 mortos nas estradas do Paraná

Evandro Fadel - O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2009 | 13h 38

Este feriado foi o mais violento do Estado em 2009, com média de oito mortes por dia

O feriado da Padroeira do Brasil deixou 24 mortos nas estradas paranaenses, de acordo com levantamentos realizados pelas polícias rodoviárias federal e estadual. Se levar em conta que a operação policial foi desenvolvida em apenas três dias, torna-se o feriado mais violento nas estradas com média de oito mortes por dia. O feriado de Corpus Christi teve 25 mortes, mas em quatro dias, com média de pouco mais de seis mortos por dia.

 

Veja também:

linkMortes em rodovias federais caem durante o feriado prolongado

linkMenos acidentes e mais mortes no feriado prolongado em SP

 

A soma dos acidentes nas rodovias sob jurisdição das duas polícias foi de 416, que deixaram 353 feridos. O acidente com maior registro de mortos aconteceu na segunda-feira, 12, quando quatro pessoas morreram na PR-486, no município de Alto Piquiri, no noroeste do Estado, onde um automóvel em que viajavam colidiu de frente contra um caminhão.

 

Das mortes, 17 ocorreram em estradas estaduais e sete nas federais. Nas BRs, a polícia autuou 35 motoristas e prendeu outros 28 por estarem sob efeito de álcool. Também foram aplicadas 4.408 multas pelas duas polícias, a maioria por excesso de velocidade.