Acordo dobra a oferta de bolsas

O Brasil pretende dobrar o acesso de brasileiros a bolsas de estudo nos EUA com os acordos de educação assinados pelo chanceler Antonio Patriota e o embaixador americano no País, Thomas Shannon. A proposta prevê o aumento de bolsas de doutorado-sanduíche, além do intercâmbio de cientistas de alto nível.

, O Estado de S.Paulo

20 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.