Acusados de matar Tim Lopes devem ser julgados neste ano

Acusados do assassinato do jornalista Tim Lopes, ocorrido há um ano, o traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, e outros seis integrantes de sua quadrilha serão julgados pelo 1º Tribunal do Júri da Capital até o final do ano, segundo decisão do juiz Fábio Uchôa de Miranda Montenegro. Eles foram denunciados pelo Ministério Público por homicídio, ocultação de cadáver e formação de quadrilha. Em sua decisão, o magistrado afirma que há indícios suficientes da autoria do crime e prova material. Montenegro lembra que um dos réus, Ângelo Ferreira, confessou a autoria e apontou Elias, que teria esfaqueado Lopes, como chefe do tráfico de drogas na Favela da Grota, onde o repórter foi morto. Ainda segundo o juiz, o assassinato teve motivação torpe e foi executado com crueldade.

Agencia Estado,

03 Junho 2003 | 22h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.