1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Adolescente italiana é libertada após três dias em cativeiro em Cabo Frio

Clarissa Thomé - O Estado de S. Paulo

19 Março 2014 | 08h 00

Jovem de 15 anos havia sido sequestrada com o pai, empresário do ramo imobiliário, no sábado

Atualizada às 17h47

RIO - Uma adolescente italiana de 15 anos foi libertada na madrugada desta quarta-feira, 19, após passar três dias em cativeiro. Agentes da Divisão Antissequestro da Polícia Civil (DAS) encontraram a jovem numa casa de um condomínio em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Os sequestradores reagiram - dois deles morreram e um está foragido.

A jovem passa uma temporada no Brasil com o pai, o empresário do ramo imobiliário Ettore Castelluzzo, que vive há seis anos no País. No sábado à noite,15, os dois chegavam à casa da família, em Arraial do Cabo, quando foram levados por sequestradores. Castelluzzo foi libertado para providenciar o valor do resgate.

Na terça-feira à noite, os criminosos entraram em contato e os agentes conseguiram rastrear a ligação. A adolescente foi encontrada presa a correntes, no porão de uma casa. Dois sequestradores foram mortos na ação, que reuniu 30 agentes.

Edson de Souza, de 60 anos, tinha sete registros criminais, cinco por sequestro e dois por tentativa de homicídio. Osmar Elias Barbosa, de 49 anos, tinha dez anotações criminais, a metade delas por sequestro. O terceiro acusado do sequestro,  Rodrigo Rodrigues da Silva, conseguiu fugir, mas foi preso na tarde desta quarta-feira, 19, em Cabo Frio. Rodrigo foi detido por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Carga, perto da rua dos Biquinis. Ele será levado à sede da Divisão Antissequestro, no Rio.

O delegado Claudio Silva, titular da DAS, investiga agora a participação de pessoas que teriam trabalhado com Castelluzzo e passado as informações sobre os hábitos do empresário italiano para a quadrilha. A adolescente foi transportada de helicóptero de Cabo Frio para a sede da DAS, no Leblon, zona sul da capital fluminense. Pai e filha se emocionaram no reencontro.