Aeroportos brasileiros operam com atrasos em 21,3% dos vôos

Até às 15 horas, 73 partidas foram canceladas em todo o País; em Congonhas, há atrasos em 18 dos 127 vôos

Michelly Teixeira, da Agência Estado,

19 Outubro 2008 | 17h39

Balanço da Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero) divulgado às 15 horas mostra que os aeroportos do País trabalham com atrasos em 21,3% dos 1.010 vôos programados desde a zero hora deste domingo, 19. Até agora, 73 partidas, o equivalente a 7,2% do total, foram canceladas em todo o Brasil.   Em Congonhas, em São Paulo, há registro de atrasos em 18 dos 127 vôos programados, com doze cancelamentos até agora neste aeroporto, que trabalha por instrumentos. Em Guarulhos, que desde a madrugada opera por instrumentos por conta do mau tempo, a situação de atrasos é um pouco mais complicada: dos 138 vôos agendados, 58 (ou 42%) estão fora do horário normal e dez foram cancelados.   No Galeão, do Rio de Janeiro, 14 dos 119 vôos programados partiram mais tarde. Os cancelamentos atingiram dez vôos, ou 8,4% do total. Dos 18 vôos previstos para saírem do aeroporto Santos Dumont, apenas dois se atrasaram e um foi suspenso.   Em Brasília, foram 13 atrasos, representando 20,3% dos 13 vôos programados. Houve três cancelamentos neste aeroporto, conforme o mais recente boletim da Infraero.

Mais conteúdo sobre:
aeroportos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.