Aeroportos de SP operam com ajuda de instrumentos

Até as 7h, Cumbica havia registrado cinco atrasos e Congonhas dois cancelamentos

João Paulo Carvalho, estadao.com.br

07 Julho 2011 | 07h50

Os aeroportos de Congonhas, na zona sul da capital paulista, e Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, operam para pousos e decolagens com ajuda de instrumentos na manhã desta quinta-feira, 7, em razão da neblina que atinge a região. O Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, amanheceu aberto apenas para pouso de helicópteros.

 

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), até as 7h, dos 28 voos domésticos programados em Cumbica, cinco atraram e nenhum foi cancelado. Já em Congonhas, foram registrados dois cancelamentos e nenhum atraso.

 

O Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, está aberto para pousos e decolagens e também funciona com ajuda de instrumentos.

 

O Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, opera normalmente, aberto para pousos e decolagens. Às 7h, não havia registro de nenhum atraso ou cancelamento. Em todo o País, dos 420 voos domésticos programados, houve 47 atrasos e 12 cancelamentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.