Aeroportos operam normalmente, mas há atrasos em SP

Em Cumbica, maior atraso é de um vôo vindo de Natal com destino a Ribeirão Preto

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 10h05

A situação melhorou um pouco no começo da manhã desta segunda-feira, 2, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, depois de uma madrugada marcada por atrasos. Por volta das 7h30, havia seis chegadas e três partidas fora do horário previsto, além do cancelamento de um vôo para Buenos Aires. Já no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, a situação era melhor, de acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). Dos 22 vôos programados das 5h30, horário de abertura do aeroporto, até 7 horas, apenas um vôo foi cancelado e não havia nenhum atraso. Antes, por volta das 6h30, em Cumbica havia quatro partidas e três chegadas atrasadas, algumas com até 2 horas e 30 minutos de atraso. O maior atraso registrado em Cumbica neste final de semana passava de 24 horas e era de um vôo da BRA, que saiu de Natal (RN) com destino a Ribeirão Preto (SP). O avião chegou às 8h30 de domingo em Cumbica e só devia sair na tarde desta segunda com rumo ao interior do Estado. No domingo, os atrasos em Cumbica e Congonhas, na zona sul da capital, chegaram a até 10 horas. Mais de 37% de todos os vôos previstos atrasaram em todo o País neste domingo. Segundo a Infraero, vários fatores causaram os atrasos deste final de semana. Tudo teria começado por causa do mau tempo no final da tarde de sexta-feira. Até o Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), que dificilmente fecha, foi prejudicado pelo nevoeiro. Texto ampliado às 7h50 para acréscimo de informações.

Mais conteúdo sobre:
atrasos em vôos neblina Cumbica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.