1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Afundamento de pilar pode ter provocado queda de viaduto em BH

ALEX CAPELLA - ESPECIAL PARA O ESTADO

04 Julho 2014 | 11h 53

Após o fim dos trabalhos de perícia, a via será liberada para que a empresa responsável pela obra faça a demolição do viaduto

BELO HORIZONTE - O presidente do Instituto Brasileiro de Avaliação e Perícias de Engenharia de Minas (Ibape), Frederico Correa, disse, nesta sexta-feira, 4, que uma das possíveis causas da queda do viaduto, ocorrida na quinta-feira, 3,  na capital mineira, seria o afundamento do pilar principal após a retirada das escoras da obra. Ele participou das primeiras vistorias feitas pela entidade no local da tragédia.

Segundo Correa, o plano de retirada das encostas é um item obrigatório no projeto da obra. Porém, o momento e como isso deve ocorrer depende de algumas variáveis, como tempo de cura do concreto e a distribuição de cargas na edificação. "Quando a estrutura é retirada, o peso antes distribuído entre os pilares e as escoras é direcionado para o pilar principal. Nesse momento, acreditamos ter havido o afundamento", disse.

Representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas), da Defesa Civil, das  Polícia Civil e Federal estão no local. Após o fim dos trabalhos, a via será liberada para que a Construtora Cowan, responsável pela obra, faça a demolição do viaduto e a retirada dos escombros. Conforme a polícia, o laudo pericial deve ser concluído em 30 dias.

Viaduto desaba em Belo Horizonte
Clayton de Souza/Estadão

Um viaduto que estava em construção na Avenida Pedro I, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, desabou na tarde desta quinta-feira, 3