1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Aluno é deixado em sala de aula trancada em Uberlândia

Rene Moreira - Especial para O Estado

03 Abril 2014 | 15h 44

Vizinhos ouviram o choro da criança e acionaram a polícia; funcionária foi detida e levada à delegacia

FRANCA - Um menino de 8 anos ficou trancado dentro de uma sala de aula após a escola ser fechada, no bairro Luizote de Freitas, em Uberlândia (MG), no final da tarde desta quarta-feira, 2. Vizinhos ouviram o choro da criança que foi resgatada algum tempo depois pela Polícia Militar.

O motorista da van que transporta os alunos contou ter achado que o menino havia faltado, já que ele deveria estar com uma funcionária aguardando para embarcar de volta para casa. A responsável por esse trabalho foi localizada, mas alegou que olhou nas salas, não viu ninguém e, como estava passando mal, fechou tudo e foi embora.

Ela foi levada ao plantão policial, onde foi lavrada uma ocorrência por abandono de incapaz. Depois, foi liberada e responderá em liberdade. A escola é gerenciada por uma Organização Não Governamental (ONG) com recursos e pessoal da prefeitura. A funcionária, que não era concursada, foi demitida.

Negligência. Em nota encaminhada ao Estado, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho de Uberlândia informou que a servidora cometeu em erro inescusável ao negligenciar situação de cuidado que estava sob sua responsabilidade. Também informou que ela "foi imediatamente exonerada de suas funções, sem prejuízo às eventuais sanções cíveis e criminais que possam decorrer de sua conduta".