1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Alunos da Escola Naval são internados após exercícios de treinamento

Clarissa Thomé - O Estado de S. Paulo

21 Maio 2014 | 17h 10

A Marinha não informou o tipo de exercício a que eles foram submetidos; foi aberto procedimento administrativo para apurar o episódio

RIO - Dois alunos da Escola Naval foram internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Marcílio Dias, depois de passarem mal durante instrução sobre técnicas de combate na Base de Fuzileiros Navais, na Ilha do Governador, zona norte. A internação ocorreu em 8 de maio, mas somente nesta terça-feira foi comunicada pelo Comando do 1º Distrito Naval. A Marinha não informou o tipo de exercício a que eles foram submetidos. Os estudantes continuam hospitalizados e foi aberto procedimento administrativo para apurar o episódio.

Em 7 de maio, os aspirantes Jean Caleb Maroto Sousa e Vinícius da Silva Cunha apresentaram "queixas respiratórias" durante as instruções, informa a nota distribuída à imprensa. Eles foram atendidos no local, encaminhados ao Departamento de Saúde.

"Na ausência de quadro clínico que indicasse outro procedimento, os aspirantes foram liberados para regresso à Escola Naval (EN), onde permaneceram em observação na enfermaria. No dia seguinte, foram encaminhados para o Hospital Naval Marcílio Dias (HNMD) para a realização de exames complementares. Após avaliação, foi indicada a internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) daquele hospital, onde receberam o tratamento específico adequado", informou o texto, sem detalhar a causa da internação nem o tratamento recebido pelos rapazes.

Vinícius da Silva Cunha apresentou melhoras e deixou a UTI. Já o aspirante Jean Caleb Maroto Sousa permanece sob tratamento intensivo. A Marinha informa ainda que o exercício realizado pelos alunos é "regular e faz parte da prática profissional naval, prevista no programa de ensino da Escola Naval".