Amazonas confirma substituição de comandante da PM

Decisão veio após divulgação de vídeo em que sete policiais militares atiram contra adolescente

Liege Albuquerque, O Estado de S. Paulo

29 Março 2011 | 17h38

MANAUS - O comandante da Polícia Militar do Amazonas, Dan Câmara, deixou o cargo na noite desta segunda-feira, 28. Ele foi afastado menos de uma semana depois da divulgação de um vídeo em que sete policiais militares atiram à queima-roupa contra um adolescente, que sobreviveu ao ataque. O coronel Almir David, atual secretário-executivo do gabinete de gestão integrada da Secretaria de Segurança do Estado assume o comando da PM.

O desgaste de Câmara no episódio tornou-se público quando, em entrevista ao jornal A Crítica, o coronel negou que tivesse conhecimento do vídeo da tentativa de execução do adolescente.

O procurador João Bosco Sá Valente chamou o ex-comandante da PM de "mentiroso" no mesmo jornal, afirmando que havia encaminhado a ele a cópia do vídeo no início de março, solicitando o nome dos policiais de plantão no dia do ocorrido, 17 de agosto do ano passado.

Câmara deixa o comando após três anos e três meses, mas não fica fora de função de confiança no governo: vai assumir o planejamento das ações de segurança para a Copa de 2014. Segundo o secretário de Segurança estadual, Zulmar Pimentel, a troca de comando foi uma "decisão técnica" e está relacionada ao planejamento traçado para a área de segurança do Estado, "nada além disso".

Almir David ingressou na polícia militar em janeiro de 1985, como aluno oficial e, em 2008, chegou a coronel, após passar pelos postos de tenente, capitão, major e tenente coronel. Entre as principais funções já exercidas por ele estão a de Comandante do Batalhão de Policiamento Especial e Comandante de Policiamento Metropolitano.

Pimentel também anunciou mudanças na cúpula da Polícia Civil do Amazonas. Em substituição ao delegado José Divanilson Cavalcanti Júnior, assume a função de Delegado-Geral Adjunto Antônio Chicre Neto, que atuava como delegado especial no Grupo de Trabalho da Secretaria de Inteligência.

Mais conteúdo sobre:
PM Amazonas Dan Câmara vídeo segurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.