FOTO REDE AMAZONICA ACRE
FOTO REDE AMAZONICA ACRE

Após cinco meses desaparecido, 'menino do Acre' volta para casa

A mãe de Bruno Borges disse que o estudante se nega a dizer onde estava localizado o 'retiro'

Itaan Arruda, Especial para O Estado

11 Agosto 2017 | 13h15

RIO BRANCO - Após cinco meses, o "menino desaparecido do Acre", o estudante de Psicologia Bruno Borges, voltou para casa.

Ele deixou 14 livros criptografados. O primeiro a ser editado está na lista dos mais vendidos do país. Trata de uma suposta Teoria da Absorção do Conhecimento.

Assim que as informações do retorno circularam nas redes sociais, a casa do jovem começou a ser visitadas por amigos. A família informou, por meio de redes sociais que não vai se pronunciar formalmente ainda sobre o retorno. Não se sabe ainda as condições de saúde do estudante.

A mãe de Bruno Borges, a empresária Denise Borges, viajou para o Santuário de Aparecida. 

"Ontem, eu fiquei o dia inteiro de joelho no chão pedindo pelo retorno dele e ele voltou", disse a mãe, visivelmente emocionada.

"Eu não tenho muitos detalhes só sei o que me disseram: que ele está muito magro e que estava em retiro", disse, tentando sufocar o choro. Denise disse que Bruno se nega a dizer onde estava localizado o "retiro".

Ela tenta embarcar em um avião para retornar ao Acre, mas só deve conseguir amanhã.

Mais conteúdo sobre:
Bruno Borges Rio Branco [AC]

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.