Atiradores fazem quatro mortos no Rio

Cinco pessoas foram baleadas, na noite de quarta-feira, no bairro de Irajá, no Rio, em um curto espaço de tempo e em um raio de menos de 500 metros. Quatro morreram. A polícia acredita que os crimes foram praticados pelos mesmos atiradores, que continuam foragidos. O único sobrevivente é um adolescente, de 16 anos, que, ferido na cabeça, foi encaminhado ao Pronto Atendimento Médico do bairro e transferido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. Um dos ataques ocorreu contra um carro próximo ao cemitério de Irajá. O motorista e o passageiro do banco do carona foram mortos. Pouco depois, a menos de 300 metros do primeiro crime, ao lado da Praça Nossa Senhora da Apresentação, dois jovens que trabalhavam como entregadores de uma farmácia na região foram baleados quando trafegavam em uma moto. Ambos morreram.

Agencia Estado,

16 Fevereiro 2006 | 05h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.